• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
  • Não categorizado
  • Órgãos convocam audiência pública sobre liberdade de cátedra na PB
  • 14 de Dezembro - Dia do Ministério Público -
  • O Brasil ocupa o 4º lugar no ranking mundial de acidentes de trabalho. A cada 48 segundos, um trabalhador se acidenta no País. E, a cada 3 horas, um trabalhador vai a óbito. O mês de abril é o momento de reforçarmos a importância da prevenção. Vamos prevenir acidentes! #ChegadeAcidentesdeTrabalho
  • NR's em cordel
  • Confira no canal MPT TV no youtube a posse do procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho na Paraíba, Carlos Eduardo de Azevedo Lima na Fundação Casa de José Américo, na capital
  • A campanha Criança não deve trabalhar, infância é para sonhar já está no ar. Ela faz parte das ações pelo 12 de junho - Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil. Vamos mudar essa realidade! Não se omita, denuncie! Disque 100 ou use o app Proteja Brasil. Compartilhe! #InfanciaSemTrabalho
  • Campanha do MPT alerta contra o trabalho escravo no Brasil
  • A campanha “Trabalho Infantil: Se você cala, não para”, do Ministério Público do Trabalho (combate ao trabalho infantil) ganhou 10 prêmios no Prêmio Pernambuco de Propaganda, entre eles, quatro de ‘ouro’ e o troféu de Grand Prix da Publicidade.
  • Diga não à exploração infantil #ChegaDeTrabalhoInfantil Disque 100
  • O Ministério Púbico do Trabalho (MPT) lançou a campanha de conscientização para incentivar a inserção de pessoas com deficiência no mercado de trabalho. A campanha foi criada por ocasião do Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência – 21 de setembro, conhecido também como “Dia D” – e é composta por imagens e vídeos para difusão em redes sociais pelas unidades do MPT de todo o país.
  • O Ministério Público do Trabalho apoia a igualdade para todos

Órgãos convocam audiência pública sobre liberdade de cátedra na PB

02/12/2019 - No Dia da Declaração Universal dos Direitos Humanos, 10 de dezembro, será realizada em João Pessoa audiência pública para debater ameaças à liberdade de cátedra em instituições de ensino na Paraíba. A audiência, convocada pelo Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do Trabalho (MPT), Ministério Público da Paraíba (MP-PB), Defensoria Pública da União (DPU), Defensoria Pública da Paraíba (DP-PB) e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), ocorrerá a partir das 13h30, na Escola Cidadã Integral Francisca Ascensão Cunha (FAC), localizada na rua Universitário Luís Gonzaga G. da Silva, bairro dos Bancários, na Capital.

A audiência pública será aberta com apresentação cultural do grupo Maracastelo e discurso de abertura do subprocurador-geral da República, o professor doutor Luciano Mariz Maia. Em seguida, a palavra será assegurada à comunidade escolar da Escola Cidadã Integral Francisca Ascensão Cunha, para relatar situações de possíveis assédios e recriminação que atingem as práticas escolares da instituição de ensino.

Na sequência, terão assegurada a palavra representantes de órgãos federais, estaduais e municipais, encarregados da efetivação do direito à educação no estado da Paraíba, representantes dos poderes Executivo e Legislativo, de instituições de ensino superior, movimentos sociais, professores e estudantes de outras instituições de ensino e sociedade civil.

Objetivos

O objetivo geral da audiência é expor e discutir sobre as garantias previstas na Constituição, especificamente sobre liberdade de manifestação do pensamento, liberdade de cátedra e as problemáticas e consequências do assédio moral contra professores em entidades de ensino. A audiência pública terá como objetivos específicos: debater a importância da liberdade de expressão e liberdade de cátedra para a atividade docente; identificar as demandas sociais dos professores no seu ambiente de ensino; além de ouvir os relatos da comunidade escolar da Escola Cidadã Integral Francisca Ascensão Cunha e de outras escolas que tenham relatos semelhantes, sobre as situações de ameaças à liberdade de cátedra.

Convidados

Serão convidados representantes da Comissão de Educação, Cultura e Desportos da Assembleia Legislativa da Paraíba, Câmara Municipal de João Pessoa, Secretaria de Estado da Educação, Ciência e Tecnologia, Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana, Secretaria Municipal de Educação de João Pessoa, Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação do Estado da Paraíba, Movimento Negro, Núcleo de Direitos Humanos da Universidade Federal da Paraíba, Representante do Movimento LGBT, Conselho Estadual de Educação da Paraíba, e outras instituições de ensino do estado.

Entenda o caso

Em outubro de 2019, professores procuraram o Ministério Público Federal em João Pessoa para relatar ameaças à liberdade de cátedra e que estariam sob pressão em razão da atividade de docência. Na ocasião, relataram que teriam se sentido intimidados durante a ida de integrantes do Movimento Brasil Livre (MBL) - defensores do movimento Escola Sem Partido - a uma escola, acompanhados por vereadores da capital. No início de novembro, o Conselho Estadual de Educação da Paraíba lançou nota técnica pela defesa ampla e irrestrita aos princípios e direitos da liberdade de cátedra, pluralismo de ideias e da gestão democrática do ensino.

Também em novembro, a Secretaria da Educação e da Ciência e Tecnologia da Paraíba se comprometeu a afixar em todas as 663 escolas estaduais, em local visível, de fácil acesso, cartazes com o conteúdo do artigo 7º da Lei Estadual nº 11.230/2018: “Escola é território aberto do conhecimento e livre de censura: repressão ideológica não é legal”. A Secretaria Estadual de Educação também se comprometeu a envidar esforços para evitar invasões nas escolas por parte de quem quer que seja.

 

Confira o edital de convocação da audiência pública.

 

Fonte: Ascom MPF com Ascom-MPT.

 

CONTATOS:

ASCOM / MPT-PB – (83) 3612 – 3119

Siga:   Instagram: @mptparaiba

           Facebook: @mptpb

Imprimir

  • banner pcdlegal
  • banner abnt
  • banner corrupcao
  • banner mptambiental
  • banner transparencia
  • banner radio
  • banner trabalholegal
  • bunner yt ok
  • Portal de Direitos Coletivos
  • nr