• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
  • Não categorizado
  • Procurador do MPT-PB integra Grupo Nacional de Defesa do Patrimônio Público
  • O MPT apoia a campanha ‘Setembro Amarelo: Pela Valorização da Vida’. O movimento alerta para a importância da prevenção de doenças como a depressão, que afasta milhares de trabalhadores das suas atividades e que pode levar ao suicídio. A escolha do mês se deu porque 10 de setembro é o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio.
  • NR's em cordel
  • Confira no canal MPT TV no youtube a posse do procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho na Paraíba, Carlos Eduardo de Azevedo Lima na Fundação Casa de José Américo, na capital
  • O Brasil ocupa o 4º lugar no ranking mundial de acidentes de trabalho. A cada 48 segundos, um trabalhador se acidenta no País. E, a cada 3 horas, um trabalhador vai a óbito. O mês de abril é o momento de reforçarmos a importância da prevenção. Vamos prevenir acidentes! #ChegadeAcidentesdeTrabalho
  • Campanha do MPT alerta contra o trabalho escravo no Brasil
  • A campanha “Trabalho Infantil: Se você cala, não para”, do Ministério Público do Trabalho (combate ao trabalho infantil) ganhou 10 prêmios no Prêmio Pernambuco de Propaganda, entre eles, quatro de ‘ouro’ e o troféu de Grand Prix da Publicidade.
  • Diga não à exploração infantil #ChegaDeTrabalhoInfantil Disque 100
  • O Ministério Púbico do Trabalho (MPT) lançou a campanha de conscientização para incentivar a inserção de pessoas com deficiência no mercado de trabalho. A campanha foi criada por ocasião do Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência – 21 de setembro, conhecido também como “Dia D” – e é composta por imagens e vídeos para difusão em redes sociais pelas unidades do MPT de todo o país.
  • O Ministério Público do Trabalho apoia a igualdade para todos
  • A campanha Criança não deve trabalhar, infância é para sonhar já está no ar. Ela faz parte das ações pelo 12 de junho - Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil. Vamos mudar essa realidade! Não se omita, denuncie! Disque 100 ou use o app Proteja Brasil. Compartilhe! #InfanciaSemTrabalho

Procurador do MPT-PB integra Grupo Nacional de Defesa do Patrimônio Público

       30/10/2018 - O procurador do MPT na Paraíba Cláudio Queiroga Gadelha foi designado pelo procurador-geral do Trabalho, Ronaldo Curado Fleury, para representar o Ministério Público do Trabalho no recém-criado Grupo Nacional de Defesa do Patrimônio Público (GNPP). Ele participou da 1ª reunião ordinária do GNPP, que aconteceu na última sexta-feira (26), no plenário Otávio Proença de Moraes, no Ministério Público do Estado do Pará (MPPA).

O objetivo da reunião foi discutir as diretrizes e bases de criação do GNPP, com a elaboração e votação de uma minuta de regimento interno para posterior aprovação do Grupo Nacional. Também fez parte da pauta a elaboração de ações nacionais de combate à corrupção e à improbidade administrativa.

A reunião de instalação do grupo iniciou logo após a posse do procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Pará, como presidente do GNPP, e do procurador-geral de justiça do Amapá, Márcio Augusto Alves, como vice-presidente do grupo.

A abertura da reunião foi feita pelo recém- empossado presidente do GNPP, procurador-geral de justiça Gilberto Valente Martins, que saudou os participantes e propôs que o promotor de Justiça paraense Alexandre Couto fosse eleito o secretário-geral do grupo. Couto hoje coordena, no MPPA, o Núcleo de Combate à Corrupção do Patrimônio Público, e o Centro de Apoio Operacional (CAO) do Patrimônio Público.

Durante a reunião, os participantes de diversos estados brasileiros se apresentaram, enaltecendo e destacando a iniciativa.

“O MPT tem muito a contribuir participando desse GNPP, mas, certamente, a interlocução direta com os demais ramos do MPU e com todos os MPs estaduais será um grande aprendizado e um grande fomentador das ações que estamos empreendendo no nosso projeto estratégico Terceirização sem Corrupção”, afirmou Cláudio Gadelha.

“Será uma troca permanente de informações e de conhecimentos em busca do aperfeiçoamento dos serviços de justiça no combate à corrupção e defesa do patrimônio público. Agradeço ao procurador-geral, Ronaldo Fleury, pela confiança da designação e representação”, acrescentou Gadelha, que é coordenador nacional da Coordenadoria Nacional de Combate às Irregularidades Trabalhistas na Administração Pública (CONAP/MPT). Ele também foi coordenador estadual do Fórum Paraibano de Combate à Corrupção (Focco-PB).

Combate à corrupção

Segundo o secretário-geral do grupo, Alexandre Couto, a ideia do Grupo Nacional de Defesa do Patrimônio Público é reforçar ainda mais o combate à corrupção, atendendo aos anseios da sociedade. Também se destaca como objetivo do grupo trocar e difundir conhecimento na área de combate à improbidade e à corrupção, entre os Ministérios Públicos de todo o Brasil.

Dentre os itens do regimento interno que foram votados estavam as atribuições do Grupo, tais como promover o entendimento entre os MP´s para produzir uma articulação planejada dos Ministérios Públicos na área da improbidade; formular estratégias para combater a improbidade administrativa e toda forma de lesão ao patrimônio público e à moral administrativa; disseminar experiências e as práticas exitosas e estimular a produção de material de apoio, tais como artigos científicos sobre o assunto, notas técnicas e diretrizes de atuação.

 

Fonte: Ascom MP-PA.

Foto: Alexandre Pachego

 

 

CONTATOS:

ASCOM / MPT-PB – (83) 3612 – 3119

Instagram: @mptparaiba

Facebook: @mptpb

Imprimir

  • banner pcdlegal
  • banner abnt
  • banner corrupcao
  • banner mptambiental
  • banner transparencia
  • banner radio
  • banner trabalholegal
  • bunner yt ok
  • Portal de Direitos Coletivos
  • nr