• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
  • Apoie a campanha, Trabalho Infantil Não é Folia, Proteja Crianças e Adolescentes. O Ministério Público do Trabalho (MPT), em parceria com a Associação de Ex-Conselheiros e Conselheiros da Infância (AECCI), reforça a campanha #Chegadetrabalhoinfantil.
  • Campanha do MPT alerta contra o trabalho escravo no Brasil
  • Confira no canal MPT TV no youtube a posse do procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho na Paraíba, Carlos Eduardo de Azevedo Lima na Fundação Casa de José Américo, na capital
  • A campanha “Trabalho Infantil: Se você cala, não para”, do Ministério Público do Trabalho (combate ao trabalho infantil) ganhou 10 prêmios no Prêmio Pernambuco de Propaganda, entre eles, quatro de ‘ouro’ e o troféu de Grand Prix da Publicidade.
  • Diga não a exploração infantil #ChegaDeTrabalhoInfantil Disque 100
  • O Ministério Púbico do Trabalho (MPT) lançou a campanha de conscientização para incentivar a inserção de pessoas com deficiência no mercado de trabalho. A campanha foi criada por ocasião do Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência – 21 de setembro, conhecido também como “Dia D” – e é composta por imagens e vídeos para difusão em redes sociais pelas unidades do MPT de todo o país.
  • NR's em cordel
  • O Ministério Público do Trabalho na Paraíba (MPT-PB) divulgou nessa quarta-feira (4/10) o edital contendo o regulamento regional do Prêmio MPT na Escola 2017, que premiará os melhores trabalhos literários, artísticos e culturais produzidos pelos alunos de escolas participantes do projeto no Estado.
  • O Ministério Público do Trabalho (MPT) vai oferecer o curso gratuito para capacitar conselheiros tutelares e outras pessoas que integram a rede de proteção à infância em todo o País, as incrições iniciam em outubro
  • O Ministério Público do Trabalho apoia a igualdade para todos
  • O procurador Carlos Eduardo de Azevedo Lima tomou posse na tarde desta segunda-feira (2/10), em Brasília (DF), como novo procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho na Paraíba (MPT-PB). A solenidade de posse dos novos procuradores-chefes das 24 Procuradorias Regionais do Trabalho aconteceu na sede da Procuradoria-Geral do Trabalho (PGT), na Capital Federal.

MPT: Paraíba lidera inclusão de jovens aprendizes

20/06/2018 – De janeiro a março deste ano, a Paraíba conquistou o primeiro lugar no número de contratações registradas de jovens aprendizes, com até 24 anos, de acordo com o Observatório Nacional do Mercado de Trabalho do Ministério do Trabalho (MTb). No total, foram 9.563 contratações no Estado, sendo que 22%, ou seja, 2.107 foram de jovens aprendizes.

Para a procuradora do Trabalho e vice-coordenadora do Fórum Estadual de Aprendizagem da Paraíba (Feap-PB), Edlene Lins Felizardo, esse resultado é fruto de ações coordenadas pelo Fórum e do empenho das entidades formadoras, que trabalham harmonicamente para alcançar um objetivo maior: a inclusão do jovem no mercado de trabalho por meio de um contrato formalizado, que é o de aprendizagem. “Isso é muito importante para tirar o jovem da ociosidade, para que possamos dar a eles a oportunidade de ter contato com o mundo do trabalho”, explicou.

A auditora fiscal e coordenadora do Feap-PB, Joana D’arc, afirmou que os cursos de aprendizagem profissional oferecidos pelas entidades também têm um papel importante na obtenção desse resultado. Segundo a procuradora Edlene, também é realizado um trabalho de sensibilização das empresas: “Temos o cuidado de conscientizá-las para a importância do jovem aprendiz, de como ele deve ser bem recebido, porque aquele é o primeiro contato dele com o mundo do trabalho. Então, ele não pode ser mais um que está ali para cumprir uma cota, uma obrigação legal”.

Ações no interior da PB

Com o intuito de inserir jovens do interior do Estado nos programas de aprendizagem, o Ministério Público do Trabalho na Paraíba e Ministério do Trabalho, membros permanentes do Fórum, têm levado ações ao interior do Estado.

Para a procuradora Edlene, “é importante levar ações para o interior, onde não há perspectiva de emprego e nem oportunidade de trabalho”. Portanto, audiências coletivas envolvendo municípios circunvizinhos têm sido realizadas na região.

 

Fonte: Ascom/MPT-PB.

 

CONTATOS:

ASCOM / MPT-PB – (83) 3612 – 3119

Siga no Facebook:  @mptpb

Instagram: @mptparaiba

Imprimir

  • banner pcdlegal
  • banner abnt
  • banner corrupcao
  • banner mptambiental
  • banner transparencia
  • banner radio
  • banner trabalholegal
  • bunner yt ok
  • Portal de Direitos Coletivos
  • nr