• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
  • Não categorizado
  • MPT apoia ações do '18 de maio' - Por hora, 228 crianças são exploradas sexualmente
  • O Ministério Púbico do Trabalho (MPT) lançou a campanha de conscientização para incentivar a inserção de pessoas com deficiência no mercado de trabalho. A campanha foi criada por ocasião do Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência – 21 de setembro, conhecido também como “Dia D” – e é composta por imagens e vídeos para difusão em redes sociais pelas unidades do MPT de todo o país.
  • O procurador Carlos Eduardo de Azevedo Lima tomou posse na tarde desta segunda-feira (2/10), em Brasília (DF), como novo procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho na Paraíba (MPT-PB). A solenidade de posse dos novos procuradores-chefes das 24 Procuradorias Regionais do Trabalho aconteceu na sede da Procuradoria-Geral do Trabalho (PGT), na Capital Federal.
  • A campanha “Trabalho Infantil: Se você cala, não para”, do Ministério Público do Trabalho (combate ao trabalho infantil) ganhou 10 prêmios no Prêmio Pernambuco de Propaganda, entre eles, quatro de ‘ouro’ e o troféu de Grand Prix da Publicidade.
  • O Ministério Público do Trabalho na Paraíba (MPT-PB) divulgou nessa quarta-feira (4/10) o edital contendo o regulamento regional do Prêmio MPT na Escola 2017, que premiará os melhores trabalhos literários, artísticos e culturais produzidos pelos alunos de escolas participantes do projeto no Estado.
  • O Ministério Público do Trabalho (MPT) vai oferecer o curso gratuito para capacitar conselheiros tutelares e outras pessoas que integram a rede de proteção à infância em todo o País, as incrições iniciam em outubro
  • MPT abraça Campanha do Novembro Azul

MPT apoia ações do '18 de maio' - Por hora, 228 crianças são exploradas sexualmente

A cada hora, 228 crianças são exploradas sexualmente em países latinos e no Caribe. Segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU), o Brasil está no topo dessa lista. Ontem, mobilizações marcaram o  Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.


Em João Pessoa, o Instituto Brasileiro de Políticas Públicas (IBRAPP) realizou a 2ª edição do projeto “Sonho de Menina, Realidade de mulher”. Ações de conscientização foram desenvolvidas junto a funcionários e colaboradores na Procuradoria Regional do Trabalho (PRT-13), com apoio do MPT e, ainda, na Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU).

Projeto do IBRAPP

O projeto “Sonho de Menina, Realidade de mulher” tem como foco principal educar a respeito da igualdade de gênero e questões sociais. As ações consistem em abordagem sobre o tema por meio de materiais informativos. Os materiais orientam como identificar e denunciar a exploração infantil (disque 100, conselho tutelar ou delegacia).

O objetivo é promover uma articulação social junto à comunidade, através da educação para igualdade de gênero e de temas relacionados ao Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

18 de Maio

Em 18 de maio de 1973, uma menina de 8 anos foi sequestrada, violentada e assassinada no Espírito Santo. Seus agressores nunca foram punidos. Após o caso, o movimento em defesa dos direitos de crianças e adolescentes conquistou a aprovação da Lei Federal nº. 9.970/2000, que instituiu o 18 de maio como Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

 

CONTATOS:

Henriqueta Santiago – Jornalista

Giovana Ferreira - Estagiária

(83) 3612 – 3119 – Ascom / MPT

Imprimir

  • banner pcdlegal
  • banner abnt
  • banner corrupcao
  • banner mptambiental
  • banner transparencia
  • banner radio
  • banner trabalholegal
  • bunner yt ok
  • Portal de Direitos Coletivos
  • nr